sinalização

Sinalização e proteção no local de trabalho

A sinalização é uma medida complementar e não substituta para medidas técnicas e organizacionais de proteção coletiva. É aplicável quando não é possível eliminar os riscos ou reduzi-los suficientemente, implementando apenas as medidas de prevenção.

Critérios para o uso de sinalização

Ao definir e estabelecer a sinalização da sua empresa, os seguintes pontos devem ser considerados:

  • A presença de sinalização não elimina o risco. O que ela faz é proibir, obrigar, informar ou avisar os colaboradores para que todos possam agir em conformidade com as normas de segurança estabelecidas.
  • Os sinais não excluem a obrigação de estabelecer medidas de prevenção. O facto de um sinal alertar para um perigo não elimina a obrigação de implementar medidas que diminuam ou eliminem esse risco.
  • A sinalização não exclui a obrigação de dar formação a equipa sobre os riscos das suas funções e condições de trabalho. Esta formação deve incluir noções sobre a sinalização usada, o seu significado, bem como os comportamentos gerais e específicos que devem ser adotados com base nesses sinais.
  • Embora a sinalização seja importante, o uso de equipamentos de proteção individual (EPI) é indispensável para manter a segurança.

Passos a seguir para sinalizar os locais de trabalho

  1. Estudar todas as possibilidades para eliminar situações de risco, utilizando técnicas de proteção coletiva ou outras medidas organizacionais.
  2. Avaliar até que ponto a sinalização cumpre com os requisitos, relativamente aos seguintes pontos:
    • Nível de controlo e eficácia proporcionado face à situação de risco;
    • Os sinais escolhidos são adequados para os riscos contra os quais deve proteger, sem dar origem a situações ambíguas;
    • A sinalização não deve interferir no processo produtivo.
  3. Examine os sinais disponíveis no mercado para que eles cumpram as condições exigidas nas normas ISO.
  4. Selecionar e adquirir a sinalização mais adequada às necessidades e riscos. 
  5. Antes de colocar os sinais e para otimizar a sua ação preventiva, os seguintes aspetos relacionados ao seu uso efetivo devem ser coletados por escrito:
    • Informe os trabalhadores sobre os novos sinais nos locais de trabalho;
    • Dar formação aos trabalhadores para que eles saibam interpretá-los e agir corretamente.

 

É importante destacar que a sinalização é o menor investimento na operação de um armazém, mas o seu benefício é enorme, uma vez que os sinais ajudam os colaboradores a se deslocarem nas instalações, ajuda na localização de materiais e alerta para possíveis riscos.

Segue a nossa página no Facebook e fica atento as novidades do setor da logística, transporte e distribuição.

No Comments

Post A Comment

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.